Corpo físico e Mente Frequências Geometria Sagrada

432 Hz | O segredo por trás da frequência natural do universo

De acordo com estudos científicos recentes, o som parece ser o organizador primordial de todo o Universo. Acredita-se que o som e a vida estão intrinsecamente ligados. À medida que a cura pelo som se torna gradualmente popular, mais e mais pessoas estão começando a experimentá-la de diferente maneiras. Existem pessoas aprendendo a cantar cantos curativos, ouvindo frequências específicas e usando taças tibetanas. Não são apenas aqueles, que como muitos de nós, que estão interessados em espiritualidade e conceitos da Nova Era, que analisam esse antigo conhecimento oriental. Porém alguns cientistas também vêm estudando como o som afeta o nosso  corpo e a nossa mente.

A cura pelo som tem sido usada como uma modalidade antiga de cura por muitos séculos em diferentes religiões. Até mesmo cientistas como Nikola Tesla e Albert Einstein falaram da importância de ver toda a existência em termos de vibração, energia e frequência.

“Se você quiser descobrir os segredos do universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.”– Nikola Tesla

A ciência provou que tudo é feito de energia e que tudo contém a sua própria vibração e frequência, que podem então ser aumentadas ou diminuídas.  A vibração que emitimos pode afetar a energia de outras pessoas, e a ciência provou essa inter-relação através do estudo da mecânica quântica e de nossos campos eletromagnéticos ou auras.

Uma vez que os sons também mantêm a sua  frequência própria, não faria sentido que a frequência de um som específico afetasse a nossa própria frequência?

A maioria das músicas em todo o mundo foi ajustada para afinacao em A = 440 Hz desde 1953 pela International Standards Organization (Organização Internacional de Padrões) (ISO) . No entanto, ao olhar para a natureza vibratória do universo, é possível que este tom não seja realmente harmonioso com a ressonância natural da natureza e pode gerar efeitos negativos sobre o comportamento humano e a consciência.

Ao contrário da frequencia em 440 Hz, a afinacao em 432 Hz tem raízes antigas. Esta sintonização musical de A = 432 Hz pode ser encontrada em muitas religiões e culturas nos tempos antigos. A maioria dos antigos instrumentos egípcios e gregos estavam sintonizados em 432 Hz. Além disso, as taças tibetanas parecem ser harmônicas com a escala musical de 432 Hz. Até o antigo violino Stradivarius estava sintonizado nesta frequência. Além disso, o compositor italiano Giuseppe Verdi colocou A exatamente em 432 Hz, observando que essa sintonia era ideal para cantores de ópera. É por isso que A = 432 Hz é conhecido como “Verdi’s A”. O grande Mozart também sintonizou a sua música com essa frequência.

Acredita-se que a música com a frequência em A = 440 HZ entra em conflito com alguns de nossos chakras que residem da base da coluna até o coração. Dizem que essa música estimula o ego e a função do lado esquerdo do cérebro, o que pode suprimir a nossa intuição. Há várias conspirações em torno dessa frequência, e muitas parecem plausíveis, dado o fato de que a indústria musical convencional incorpora a propaganda e o controle da mente.

Cientistas afirmam que a música com base em 432 Hz transmite uma energia de cura benéfica, porque é um tom puro da matemática fundamental da natureza. Por outro lado, a frequencia em A = 440 Hz é mais desarmônica com a ressonância natural da natureza, e pode causar estresse, comportamentos negativos e emoções instáveis.

Hertz é um termo que foi apresentado em 1930 e descreve o numero de ciclos ou batidas por segundo”. Em 1834, “ciclos por segundo” foi medido com precisão quando dois instrumentos foram criados: a versão alterada da roda de Savart feita por Felix Savart, e o tonômetro criado por Johann Scheiber.

Segundo alguns cientistas do The Schiller Institute, A = 440 Hz é um “valor puramente arbitrário, sem justificativa físico-geométrica. A = 440 Hz é uma sintonia insana no sentido rigoroso de que não tem relação coerente com o Universo e com a realidade. E eles acrescentam:

“Se arbitrariamente mudássemos a ‘sintonia’ do sistema solar de maneira semelhante, ele explodiria e se desintegraria! Deus não comete erros: nosso sistema solar funciona muito bem com seu ajuste adequado, que é singularmente coerente com C = 256. Este, portanto, é o único ajuste científico ”.

432 Hz é dito matematicamente consistente com os padrões do Universo. Afirma-se que 432 Hz vibra com a proporção de ouro , conhecida como Phi, e unifica as propriedades da luz, do tempo, do espaço, da matéria, da gravidade, do magnetismo com a biologia, do  código do DNA e da consciência. Quando nossos átomos e o DNA começam a ressoar em harmonia com o padrão espiral do universo, diz-se que nosso senso de conexão com a natureza é ampliado. O número 432 também se reflete nas proporções do Sol, da Terra e da Lua, bem como a procissão dos equinócios, com a grande pirâmide do Egito,  com o Stonehenge e o Sri Yantra, entre muitos outros locais sagrados.

Algumas das parciais harmônicas de A = 432hz parecem alinhar-se com os padrões naturais e também com a ressonância dos solitons. Os Solitons precisam de um intervalo específico para formar o reino da densidade e abranger do micro ao macrocosmo. Solitons não são encontrados apenas na mecânica da água, mas também na respiração íon-acústica entre elétrons e prótons. ”- Brian T. Collins

Tocar e escutar músicas sintonizadas em 432 Hz irá preenchê-lo com uma sensação de paz e bem-estar; a mesma ressoará dentro de seu corpo, liberará bloqueios emocionais, levará você a um estado natural de relaxamento e expandirá a sua consciência. 432 Hz fará com que seu corpo e o mundo orgânico que o rodeia ressoem de maneira natural. Além disso, 432 Hz ressoa perfeitamente com o chakra do coração e, portanto, pode ter uma boa influência em seu desenvolvimento espiritual.

O ajuste de instrumentos para A = 432 HZ é uma prática antiga, e muitos músicos que ainda o fazem afirmam que escolhem esta frequência porque ela é mais bonita e harmoniosa para os ouvidos. Muitas pessoas escolhem conduzir o trabalho ou meditarem nessa frequência musical porque ela pode ter um efeito calmante ou reconfortante.

É claro que a cura através dos sons seja eficaz em muitos casos e, embora, a frequência A = 432 HZ específica ainda não tenha sido estudada extensivamente, não há nenhum mal em tentar :-). Isso não significa que você precise abandonar todas as suas músicas favoritas. Porém é importante estar atento a quais frequências você está se expondo e como elas afetam a sua vibração.

© 2018 Poder do Eu Superior. Aviso de direitos autorais: este conteúdo está protegido por direitos autorais e outras leis de propriedade intelectual. Você não pode reproduzir, republicar, executar, vender ou usar o texto contido nesta postagem sem autorização expressa por escrito.

 

 

3 comentários em “432 Hz | O segredo por trás da frequência natural do universo

  1. beto Silveira

    Imensamente grato!

    ________________________________

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: O poder da inteligência e do campo eletromagnético do coração – Poder do Eu Superior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: