Geometria Sagrada

Geometria Sagrada: Merkaba -Veículo de luz ao hiperespaço

A Geometria Sagrada é a base organizacional de tudo o que existe, existiu e existirá. Ela compõe os blocos de construção do nosso Universo, que são baseados na matemática e nas formas. A geometria sagrada pode ser encontrada em toda a natureza, como por exemplo na proporção de ouro, nos sólidos platônicos, e também no torus. Desde os confins mais distantes do cosmos até a estrutura atômica de uma única célula dentro do corpo, as mesmas leis da forma e da matemática se aplicam. O segredo da vida está contido nessas formas e nesses números. Assim, estudando uma simples flor, podemos aprender a base de toda a vida em todo o cosmos.

Flor da vida

 

 

 

 

 

 

 

 

A forma básica da geometria sagrada é chamada de flor da vida. Ela é uma série de círculos interligados que formam um padrão semelhante a uma flor com uma simetria de seis dobras, como um hexágono. A circunferência de cada círculo cruza os pontos centrais de todos os outros círculos. A flor da vida contém o cubo de Metatron e, dentro dele, todos os cinco sólidos platônicos. Os cinco sólidos platônicos são os modelos primordiais ideais dos padrões cristalinos que ocorrem em todo o mundo dos minerais em inúmeras variações. Se você girar qualquer uma dessas cinco formas em torno de seu ponto central, os seus cantos formarão uma esfera perfeita.

Cubo de Metatron
Sólidos platônicos

A matéria em nosso mundo tridimensional é construída na forma cúbica, mas contém oculta dentro de si a forma de um tetraedro baseado no equilíbrio divino. Ao cortar os quatro cantos restantes de um cubo (depois de formar o tetraedro), descobrimos que o cubo não contém somente um tetraedro, mas dois, um dentro do outro. Cada um é o reflexo exato do outro que forma uma estrela de oito pontas. Esta forma é chamada de tetraedro estrela. Os dois tetraedos que compõem o tetraedro estrela giram em direções opostas.

O tetraedro estrela encontra-se também nos primeiros estágios da criação. Depois que a fertilização ocorre em um ser vivo, o óvulo fertilizado se divide para formar duas células, então essas duas células se dividem novamente, passando de duas para quatro em uma sequência binária – 1, 2, 4, 8, 16, etc. As primeiras quatro células formam um tetraedro em uma esfera e o ápice desse tetraedro aponta para o pólo norte ou para o pólo sul, o que provavelmente determina o gênero. Em seguida, as células se dividem em oito formando dois tetraedros, um tetraedro voltado para cima e um outro tetraedro voltado para baixo (um tetraedro estrela dentro de uma esfera). Essa forma é chamada de o ovo da vida e toda a vida na Terra passa por esse estágio. A ciência reconheceu que esse estágio específico de desenvolvimento é diferente de qualquer outro, e tem muitas qualidades únicas que não ocorrem em nenhum outro momento de seu desenvolvimento.

Ovo da vida

O tetraedro estrela também é conhecido como a Merkaba (o veículo de luz) e representa a lei mais interna do mundo físico, constituindo duas leis opostas: a lei do espírito e a lei da matéria. O tetraedro estrela modela o corpo energético do ser humano, e era conhecido no antigo Egito como a “Mer-Ka-Ba”. Os dois tetraedros contidos um dentro do outro representam os dois pólos da criação em um equilíbrio completo; o espírito e a matéria. Toda a criação é baseada neste equilíbrio divino, seja como matéria inanimada ou como uma criatura viva. A merkaba aje como uma lei interna que opera através de todas as formas. Qualquer que seja a forma, uma planta, um animal ou um ser humano, o corpo de cada um está sujeito às leis do mundo tridimensional.

Merkaba veículo de luz

A Merkaba é basicamente uma estrela de David tridimensional. A estrela de Davi é o símbolo do judaísmo, que representa um conjunto de crenças e práticas religiosas que se originaram da Bíblia hebraica. Acredita-se que a Merkaba é o padrão com o qual a consciência primordial criou o universo. O tetraedro estrela engloba cada um de nós e seu tamanho depende de cada indivíduo.

A palavra Merkaba é composta de três pequenas palavras egípcias: Mer, Ka e Ba. Durante a 18ª dinastia egípcia, Mer foi usado para se referir a dois campos de luz idênticos girando em direções opostas em um espaço similar,  que foram criados pelo poder de uma respiração específica. Ka era definido como o espírito pessoal e Ba estava relacionado à maneira como esse espírito individual interpretava a sua própria realidade (realidade física para os humanos). Assim a Mer-Ka-Ba significa o espírito / corpo rodeado por campos de luz contra-rotativos (rodas dentro de rodas), espirais de energia como no DNA, que transportam o espírito / corpo de uma dimensão para outra.

Tetraedro estrela -Merkaba

Tecnicamente, a Merkaba é um campo eletromagnético de natureza geométrica. O campo de Mer-Ka-Ba é extremamente complexo, envolvendo os cinco sólidos platônicos e outros poliedros sagrados. Acredita-se que esse campo se estenda por todos os universos dimensionais e paralelos possíveis, e pode possivelmente mudar a sua natureza de eletromagnético para o que for apropriado.  A Mekaba também é definida como o veículo do corpo de luz e seria a chave para entender como se mover de uma dimensão ou de um nível para outro. Acredita-se que com a prática, usando a energia e a visualização da forma de uma Merkaba, você pode ativar um campo de energia ao seu redor que é capaz de levar a sua consciência diretamente aos reinos mais elevados.

Nos ensinamentos esotéricos modernos, a Merkaba é definida como um veículo interdimensional que consiste em dois tetraedros de tamanho iguais com um centro comum e intertravados, onde um tetraedro aponta para cima e o outro para baixo. O pesquisador e físico Drunvalo Melchizedek descreve em seu livro: O antigo segredo da flor da vida, que imaginando dois tetraedros sobrepostos em movimentos contra-rotativos, juntamente com técnicas específicas de respiração “prana”, certos movimentos oculares e mudras, se é possível ativar um campo energético na forma de um disco não visível em nossa gama de comprimentos de onda, mas que se encontra ao redor do corpo humano e que está ancorado na base da espinha. No meio, entre a ponta superior e a inferior dos dois tetraedros, existe um tubo através do qual o corpo pode absorver o prana, a energia vital universal. Os dois picos são chamados de pontos zero, o que permite uma conexão com outras dimensões. Desta forma, o tetraedro estrela serve para absorver energia.

Veículo de luz Merkaba

Em um momento específico (não necessariamente nesta vida), o campo Merkaba de uma pessoa pode ser ativado, quando os campos eletromagnéticos que compõem o tetraedro estrela são girados um contra o outro. A partir daí ocorre uma mudança eletromagnética que resulta em um disco de energia se parece com um OVNI e que se expande rapidamente. Para pessoas de tamanho normal, esse campo de energia tem um diâmetro que vai de 17 a 20 metros.

Campo energético da Merkaba

A ativação da energia de uma Merkaba é feita a partir da rotação da espiral. A espiral é infinita, e portanto, para representá-la no mundo material, a geometria não poderia ser mais exata. Ela pode ser representada pelo Phi (Ф em grego), a proporção áurea, que é a base da verdadeira espiral infinita.

Phi (Ф) – Proporção áurea

A Merkaba não se limita somente aos seres humanos, mas à toda a vida e ao universo. Com o trabalho recente de Richard Hoagland, a física hiperdimensional ou a geometria tetraédrica voltou a ser vista pelos olhos do público. A Merkaba é um campo vivo, e não um campo puramente mecânico de energia. Por ser um campo vivo, ele responde ao pensamento e ao sentimento humano, que são o caminho para se estabelecer uma conexão com o mesmo. Assim, o “computador” que guia e ativa a Merkaba é a mente e o coração.  Aqui as possibilidades são infinitas.

Existe também uma Merkaba planetária. Como a civilização atual tem telescópios e observa os planetas que nos cercam, um fenômeno atraiu uma atenção especial. Em Júpiter, há um redemoinho conhecido como a Grande Mancha Vermelha que se encontra no planeta desde a sua primeira observação há cerca de 350-400 anos e que nunca diminuiu de intensidade. Sua posição é 19,47 graus de latitude sul. No total, Júpiter libera cerca de 2 a 3 vezes mais energia do que recebe do sol. Em Netuno, o terceiro maior planeta do sistema solar, existe um grande ponto escuro. A sua distância do equador é também de 19,47°. Netuno libera cerca de 3 vezes mais energia do que recebe. No sol podemos observar as manchas solares. A aparência desses pontos no sol é cíclica, contendo um período máximo de 11 anos. Aqui as áreas mais irregulares e ativas estão cada uma à uma distância de 19,47° do equador. Fenômenos semelhantes também podem ser encontrados em outros planetas do nosso sistema solar, por exemplo, na forma de atividades vulcânicas na Terra. Todas essas manchas observadas ocorrem em um ângulo de 19,47° (1+9+4+7= 3), que é conhecido como o ângulo Maraldiano. Em todos os casos, ele está relacionado com a absorção, a transmissão ou com a distribuição de energia do corpo celeste correspondente. Esse ângulo especial é obtido colocando-se um tetraedro dentro de uma esfera.

Merkaba planetário – Ângulo Maraldiano

Como o tetraedro estrela é um corpo platônico, ele toca todos os vértices de uma esfera . Se você pegar um dos picos de um tetraedro estrela como um polo, os outros três picos se encontrarão acima da linha do equador. Quando as linhas do centro do tetraedro estrela são desenhados em direção aos seus pontos individuais, então o ângulo entre os dois resulta sempre em 109,47 graus, representando geometricamente desta forma o ângulo Maraldiano. Quando 109,47 graus são subtraidos de um ângulo de 90 ° para o equador, permanecem assim 19,47 °(3) , que são quase idênticos aos ângulos que são vistos nos planetas individuais citados acima.

O tetraedro estrela (Merkaba) é uma ferramenta incrível e poderosa, especialmente durante estes tempos atuais de mudanças e transições. A Merkaba pode ajudar na conexão entre os corpos físicos e etéricos, permite ver os padrões e programas psicológicos limitantes, e é um lembrete constante da verdadeira natureza divina existente dentro de cada um. Meditar com a merkaba fará com que você se conecte com a fonte de tudo o que é. Em breve, nós estaremos postando várias informações com passos específicos para a ativação do campo Merkaba.

© 2018 Poder do Eu Superior. Aviso de direitos autorais: este conteúdo está protegido por direitos autorais e outras leis de propriedade intelectual. Você não pode reproduzir, republicar, executar, vender ou usar qualquer conteúdo contido nesta postagem sem autorização expressa por escrito.

 

0 comentário em “Geometria Sagrada: Merkaba -Veículo de luz ao hiperespaço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: