Consciência universal

Percepção primária | a biocomunicação quântica e a vida secreta das plantas

Os xamãs de muitas tradições acreditam que as plantas podem falar conosco e elas nos chamam, se ouvirmos. Um número crescente de pesquisadores está começando a reconhecer que a inteligência é um aspecto inevitável de todos os sistemas auto-organizados e que as redes neurais sofisticadas são uma marca invariável da vida.

A biocomunicação ou a percepção primária é um termo usado para descrever a capacidade das plantas de perceber o seu ambiente e de reagir de maneiras inteligentes. Para que as suas redes neurais funcionem e demonstrem a consciência, as plantas usam virtualmente os mesmos neurotransmissores existentes em nossos cérebros. As plantas, de fato, possuem um sistema neural altamente sofisticado, um cérebro-raiz altamente desenvolvido e consciente que funciona da mesma forma que o nosso para analisar os dados recebidos e para gerar respostas sofisticadas.

Sabemos agora que a informação não é processada exclusivamente através do sistema nervoso, mesmo em um ser humano, mas que pode também ser processada no nível quântico. A biocomunicacao é um fenômeno universal. O universo como um todo é um sistema interconectado e finamente ajustado, no qual todas as partes respondem e, portanto, até certo ponto percebem todas as outras partes. Não apenas as plantas mas também nós seres humanos temos uma “percepção primária” e isso ocorre através do processamento de sinais por redes de decodificação quântica em nosso cérebro.

A percepcao primária ou a consciência das plantas aponta para o conceito oriental da unidade, a visão de que toda a natureza é interdependente; um campo de energia universal e vivo que sustenta a vida enquanto orienta a evolução da consciência por todo o universo.

Leitura:

-Horowitz, K. A., Lewis, D. C, and Gasteiger, E. L. (1975). Plant Primary Perception: Electrophysiological Unresponsiveness to Brine Shrimp Killing. Science189: 478-480.

-Cleve Backster (2003).Primary Perception: Biocommunication with plants, living foods, and human cells, White Rose Millennium Press

-Dean Radin (2006). Entangled Minds: Extrasensory experiences in a quantum reality, Pocket Books

-Ruppert Sheldrake (2009)., Morphic Resonance: The nature of formative causation, Park Street Press

-Ervin Laszlo (2014). The Immortal Mind: Science and the Continuity of Consciousness beyond the Brain. Inner Traditions; 1 edition

-Jagadish Chandra Bose (2015). Response in the Living and Non-Living. Create Space Independent Publishing Platform

© 2019 Poder do Eu Superior. Aviso de direitos autorais: este conteúdo está protegido por direitos autorais e outras leis de propriedade intelectual. Você não pode reproduzir, republicar, executar, vender ou usar o conteúdo contido nesta postagem sem autorização expressa por escrito.

0 comentário em “Percepção primária | a biocomunicação quântica e a vida secreta das plantas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s