Consciência universal

O segredo quântico e místico por trás do Eu Sou

As tradições espirituais têm dito nos últimos cinco mil anos que uma consciência chega até nós através de manifestações complementares e os místicos sempre souberam que é possível experimentar o céu diretamente ao procurar além da matéria.

Alguns físicos propõem que subjacente ao nosso nível experiencial da realidade, existe outro nível que é fundamentalmente não-local e interconectado, que fornece a base para a nossa experiência consciente subjetiva. Este domínio da realidade transcende o espaço e o tempo, onde tudo é um e o que experimentamos como imanente é secundário a isso. Essa unidade fundamental de todas as coisas no universo foi por vezes descrita como uma energia cósmica primordial, uma inteligência infinita, o EU SOU, a essência autocriadora que seria a base de toda a realidade.

O que vemos como realidade externa objetiva é de fato a nossa representação mental interna de tal realidade, com base nas informações sensoriais recebidas. Essa representação da realidade aparece na experiência consciente como o mundo em 3D, colorido, envolvente e sensível ao toque que conhecemos. Portanto, o que temos consciência imediata não é um mundo externo objetivo, mas a nossa representação mental interna da realidade externa. O mesmo se aplica aos nossos outros sentidos e dessa forma os fenômenos que experimentamos não existem no mundo lá fora, eles existem apenas na consciência.

A solidez aparente que experimentamos se deve às ligações que conectam os átomos nas estruturas moleculares e às forças correspondentes que mantêm as moléculas unidas. Mais de um século atrás, percebeu-se que os átomos são em grande parte espaço vazio. O seu corpo não é sólido, em vez disso, ele é composto de ondas de luz.

Físicos sugerem que o mundo material e o mundo espiritual, juntos formaram a realidade imanente, o mundo das manifestações que emerge de um mundo transcendental de idéias. E nesse sentido, todas as possibilidades transcendentais já estão presentes na consciência. O universo se ramifica no reino transcendental até que um desses ramos seja percebido por um ser consciente, um observador. Dessa forma, o mundo inteiro é o EU SOU, que se torna visível em inúmeras expressões múltiplas e como a criatura animada pelo espírito do EU SOU, você é ao mesmo tempo o criador da sua vida.

Leitura:

-David Bohm (1980). Wholeness and the Implicate Order. Routledge.

– Amit Goswami (2015). O universo autoconsciente: Como a consciência cria o mundo material. Editora Aleph; Edição: 3

-Russel, P. (2015). The reality of consciousness. Conscious Lifestyle Magazine

-Meijer, D. K. F. (2015). The Universe as a Cyclic Organized Information System: John Wheeler’s World Revisited

-Neville Goddard (2016). Ao seu comando. Clube de Autores

-Joseph Murphy (2017). The Cosmic Power Within You: The Simple, Safe Way to Harness the Extraordinary Power Hidden in Every Individual. TarcherPerigee; Reprint edition

© 2020 Poder do Eu Superior