Consciência universal

O poder criativo do agora

Desde os tempos antigos, os mestres espirituais de todas as tradições apontam o agora como a chave para a dimensão espiritual. Esse presente eterno é imutável e sem forma, o estado não manifesto, cuja energia tem um potencial criativo infinito e que é muitas vezes descrito como Deus. Antes do surgimento do universo, não havia um espaço vazio vasto esperando para ser preenchido. No entanto, não havia espaço, apenas o não manifesto, o Um. Quando o Um se tornou os muitos, de repente o espaço comecou a existir e permitiu que os muitos surgissem. O que nos aparece como espaço em nosso universo percebido através da mente e dos sentidos é o manifesto, o corpo do Espírito e assim, o sol, a terra, as plantas, os animais e os seres humanos são todos expressões da consciência em graus variados. O mundo é necessário para que o não nanifesto se perceba e dessa forma, cada um está aqui para permitir que o propósito divino do universo se desenvolva. A consciência sendo a essência da própria existência, a verdadeira salvação significa conhecer a si mesmo como uma parte inseparável da vida única atemporal e sem forma, da qual tudo o que existe deriva o seu ser.

Leitura:

-Eckhart Tolle (2000). O poder do agora. Editora Sextante; Edição: 1

-Joseph Murphy (2004). A Magia do Poder Extra-Sensorial. Best Seller.

-Achtner, W. (2009). Time, Eternity, and Trinity. Verlag Walter de Gruyter, 3.

-Nixon, G. M. (2010). Time & Experience: Twins of the Eternal Now? Journal of Consciousness Exploration & Research, 1(5). pp. 482-489.

-Joe Dispenza (2018). Como Se Tornar Sobre-humano: Descubra o Novo Mundo para Lá da Realidade Física. Lua De Papel.

-Ramm, B. & Bruza, P. (2019). Absolute Present, Zen and Schrödinger’s One Mind. In J. De Barros & Carlos Montemayor (eds.), Quanta and Mind: Essays on the Connection between Quantum Mechanics and Consciousness. Cham: Springer Verlag. pp. 189-200.

© 2020 Poder do Eu Superior