Energia, Frequência & vibração

A vida secreta das árvores

As árvores são essenciais para o habitat e são as maiores e mais duradouras plantas do planeta. Como todos os outros organismos, as árvores também são produtos de forças eletromagnéticas, suas várias formas refletindo o equilíbrio particular entre duas forças opostas da energia metafísica que regulam a vida e a morte e que habitam em todos os sólidos, líquidos e gases; o biomagnetismo e a bioeletricidade. Essas energias são oriundas de um reino arquetípico, o reino interno dinâmico, um campo vibrante de forças formativas, a partir do qual tudo floresce. A forma, estrutura interna e tempo de vida de uma determinada árvore também dependem do movimento invisível dessas energias em seu habitat natural e são moldados pela interação da gravitação e da levitação. Se não houvesse a levitação, as árvores apenas se espalhariam horizontalmente sobre o solo em uma massa verde amorfa. Porém, elas se erguem para o céu, e o fazem em resposta a outra força operando na direção oposta, uma força vital, a energia aceleradora e edificante, o diamagnetismo, também chamado de força centrípeta. O aspectos energéticos invisíveis são primários e a forma manifestada externamente é o efeito secundário e cada árvore é um caminho de energia que troca, medeia e transforma as energias carregadas negativamente da Terra e as energias carregadas positivamente da atmosfera e do Sol, à medida que cada uma penetra nos sistemas da coroa e da raiz. A maneira como essas energias polarizadas da Terra e do sol interagem se alternam entre a atração e a repulsão, o que gera uma pulsação que varia de acordo com a estação do ano, produzindo um terceiro tipo de energia, que é o crescimento dinâmico.

Leitura:

-Walter Russel (1926). The universal one.

-Callum Coats (2001). Living Energies: An Exposition of Concepts Related to the Theories of Viktor Schauberger. Gill Books.

-Ted Andrews (2006). Nature speak. Dragonhawk Publishing.

-Johann Wolfgang von Goethe (2009). The metamorphosis of plants. MIT press.

-Shanta, B. N. (2015). Life and consciousness- the vedantic view. Communicative & integrative biology, 8:5.

© 2021 Poder do Eu Superior